Especialidades médicas: Psiquiatra

Quando se fala em psiquiatra logo vem à nossa mente aquela imagem de uma pessoa deitada em um sofá relatando os seus problemas enquanto um médico toma notas com um caderninho. Mas, você já parou pra pensar mesmo o que faz esse especialista?

A psiquiatria é a área da medicina que trata de doenças relacionadas à mente, como a depressão e transtornos de ansiedade, entre outros problemas. O psiquiatra é responsável por diagnosticar possíveis doenças mentais, além de indicar tratamentos para reabilitar os pacientes.

Esse médico precisa estudar o estilo de vida, a cultura e o cérebro do paciente, do ponto de vista psicológico e biológico, para poder identificar os possíveis motivos de um transtorno mental. Em alguns casos, também podem ser utilizados exames de imagem do cérebro.

Nem todas as doenças psicológicas têm cura, por isso, o principal objetivo dos tratamentos é controlar os problemas mentais e aliviar os seus sintomas. Se for necessário, o psiquiatra pode receitar alguns medicamentos para ajudar na recuperação.

A depressão e a ansiedade são algumas das doenças psicológicas que mais atingem pessoas em todo o mundo.

Zika Vírus: Conheça a doença

A campanha de combate ao Aedes Aegypti vem sendo amplamente divulgada em diversos lugares, afinal, o mosquito é o transmissor da dengue. Recentemente, pesquisadores brasileiros descobriram que esse inseto também está transmitindo outra doença: a Zika.

O nome pode ser curioso, mas os sintomas dessa doença são muito sérios e similares aos causados pela própria dengue, porém menos graves. Febre moderada e dor no corpo, nas articulações e na cabeça são as principais consequências do Zika vírus.

As pessoas contagiadas pelo vírus também podem apresentar diarreia, enjoo e mal-estar, além de erupções e coceira na pele. Apesar de todos esses sintomas incômodos, o Zika vírus não chega a causar a morte como a dengue, portanto, preocupa menos.

Não existem vacinas ou tratamento para a doença, que costuma ser combatida pelo próprio organismo e sumir em até uma semana. Por isso, os pacientes infectados recebem apenas medicamentos para amenizar a dor e a febre.

Apesar de não haver risco de morte, vale lembrar que as dores causadas pelo Zika vírus são muito incômodas e que o mosquito transmissor também pode causar a dengue. Confira algumas dicas para eliminar o Aedes Aegypti clicando aqui e ajude a combater as duas doenças.